The Central Nucleus NEOJIBA

The Central Nucleus NEOJIBA is responsible for managing the activities of the Program in Bahia, housing the artistic, pedagogical and social development areas of the Program, in addition to coordinating the operation and development of the main musical formations in Salvador: Orchestra 2 de Julho, Castro Alves Orchestra (OCA), Experimental Pedagogical Orchestra, Children's String Orchestra, Youth Choir, Children's Choir and Community Choir.


Headquartered in Parque do Queimado, in Liberdade neighborhood, in Salvador, 
the Central Territorial Center (NCN) is responsible for the creation, logistical and pedagogical structuring and monitoring of the management of the 9 Music Practice Centers (NPM) in Salvador, Jequié and Simões Filho and the others 3 NEOJIBA Territorial Centers (NTN) in Feira de Santana, Vitória da Conquista and Teixeira de Freitas. NCN's management also includes the training of orchestral and choral monitors who disseminate the Program's social and pedagogical model.

It houses the General, Educational and Musical Managers, the Communication team and the Physical and Digital Archive of NEOJIBA.

As NTN of Salvador and Metropolitan Region, it comprises the pedagogical, social development and production teams, and coordinates the functioning and development of the main musical formations in the Territory: 2 de Julho Orchestra, Castro Alves Orchestra (OCA), Experimental Pedagogical Orchestra (OPE), Children's String Orchestra (OCI), Youth Choir, Children's Choir and the Community Choir.

The NEOJIBA Central Nucleus also supports the training of teachers in the musical area and coordinates the training of monitors in related technical areas such as the Luteria School Studio, the Archive, the Production of Musical Presentations, and the Special Projects, which articulate a wide and diversified network of partners in the capital and in the interior of the state.
Here, children, teenagers, partner projects and teachers working in the musical area have access to a set of extraordinary activities, carried out in cooperation with musicians and institutions of excellence at national and international level, such as the annual exchange promoted with Haute Ècole de Musique (School of Music) in Geneva, since 2014.

 

Address:
Parque do Queimado, R. Saldanha Marinho Nº 10-32, Bairro Liberdade
CEP: 40.323-010
Salvador Bahia Brazil

Phone: +55 71 3044-2959
 

Orquestra 2 de Julho

É a principal formação do programa NEOJIBA, composta por quase 100 jovens de 13 a 27 anos. Criada em 2007, uma de suas características mais importantes é a atuação pedagógica de seus integrantes. Quase todos são jovens multiplicadores envolvidos direta ou indiretamente na formação musical de mais de 6 mil crianças e adolescentes no estado da Bahia. Destaque no cenário nacional e internacional, já realizou mais de 300 apresentações para um público de 480 mil pessoas. Foi a primeira orquestra juvenil brasileira a se apresentar na Europa, em 2010, quando passou a ser chamada de Orquestra Juvenil da Bahia (ou Youth Orchestra of Bahia - YOBA).  Artistas como Martha Argerich, Jean-Yves Thibaudet, Midori Goto, Maxim Vengerov, Maria João Pires, Colin Currie, Cesar Camargo Mariano e Orkestra Rumpilezz são alguns dos nomes que já tocaram ao lado da formação, que mantém agenda anual com turnês e concertos no Brasil e no exterior. 

INTEGRANTES 2020

Orquestra Castro Alves

Criada em 2009, inicialmente como uma formação de cordas. No ano seguinte, transformou-se em orquestra sinfônica e recebeu o nome em homenagem ao poeta baiano. A OCA agrega músicos que se encontram em estágio intermediário de capacitação sob a monitoria dos instrumentistas da Orquestra 2 de Julho. Recebe um grande número de integrantes vindos dos diferentes núcleos de Prática Musical do programa e membros da Rede de Projetos Orquestrais da Bahia, entre outros parceiros do NEOJIBA no interior do estado da Bahia. Em 2015, a Orquestra Castro Alves fez uma turnê por 7 capitais do nordeste. Atualemnte tem uma agenda regular de apresentações. Além de concertos com solistas, já se apresentou com coros e com balé.

INTEGRANTES 2020

Orquestra Pedagógica Experimental

A Orquestra Pedagógica Experimental (OPE) foi criada em 2011 como a terceira orquestra do Programa, voltada para o público infantil e atuando, na época, no Teatro Castro Alves. Atualmente é a formação orquestral com a segunda menor faixa etária do Núcleo Central do NEOJIBA. Nesta formação fazem sua prática 108 crianças e adolescentes entre os 08 e 16 anos, muitos vindos das orquestras de base de outros Núcleos do NEOJIBA, de programas musicais parceiros ou mesmo que tenham iniciado sua formação de forma individualizada, visando neste grupo a continuação de sua formação através da prática coletiva sinfônica. Através de atividades teóricas e práticas em diversas modalidades coletivas o jovem músico dá seus primeiros passos em busca de uma formação sinfônica musical, além de preparar programas musicais que são apresentados ao fim de um período de preparação, entendendo a dinâmica de um grupo sinfônico sempre de forma educativa e vinculada a faixa etária proposta.

INTEGRANTES 2020

Orquestra de Cordas Infantil

A Orquestra de Cordas Infantil (OCI) foi criada em 2018 para ser o grupo de referência de menor faixa etária do Núcleo Central do NEOJIBA. Nesta formação fazem sua prática crianças e adolescentes entre os 07 e 12 anos, vindos dos cursos modulares de iniciação musical oferecidos pelo próprio NEOJIBA, tendo neste grupo então a continuação de sua formação musical agora com um instrumento de cordas friccionadas específico. Através de atividades lúdicas e musicais, o jovem músico, de forma interativa, já aprende a importância da música como um processo coletivo e de formação continuada. A orquestra conta atualmente com 52 integrantes.

Coro Juvenil

Principal formação de canto coral do NEOJIBA, o Coro Juvenil foi criado em 2010 para promover a formação de jovens através da prática coral de excelência. As atividades do grupo começaram sob a regência do maestro Obadias Cunha, com a participação de estudantes do Instituto Central de Educação Isaias Alves (ICEIA). De 2011 a 2018, esteve sob a regência de Yuli Martinez, que contou com o apoio de Claudia Santos no acompanhamento instrumental e Andréa Alves na preparação vocal. Desde 2019, o Coro Juvenil trabalha com diversos regentes, entre os quais Eduardo Torres, Paulo Novais e Lucie Barluet. Os ensaios acontecem todos os dias da semana. Os integrantes também atuam como jovens multiplicadores nas atividades de canto coral nos núcleos de Prática Musical do NEOJIBA. Para o exercício da monitoria, eles recebem aulas regulares de técnica vocal, noções para execução de instrumentos de teclado e regência coral. Em 2018, o Coro Juvenil ficou em primeiro lugar na categoria Erudito Avançado do Festival Internacional de Corais de Curitiba, o Cantoritiba.

Local de funcionamento: Teatro Castro Alves

INTEGRANTES 2020

 

Coro Infantojuvenil

Formado por 30 adolescentes e jovens de 12 a 19 anos, o Coro Infantojuvenil do NEOJIBA foi criado em 2018. Os ensaios são comandados pela maestrina Lucie Barluet e acontecem três vezes por semana, no Teatro Castro Alves. Dois integrantes do Coro Juvenil, principal formação de canto coral do NEOJIBA, atuam como monitores. Já no seu primeiro ano, o Coro Infantojuvenil apresentou, juntamente com a Orquestra 2 de julho e o Coro Juvenil do NEOJIBA, o poema sinfônico Mandú-Çarará, do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos. Em 2019, interpretou a Missa Armorial, do pernambucano Capiba, num concerto com a Orquestra Castro Alves (OCA). O grupo também participou de encontros de corais, como o Festival NEOJIBA Encanta.

Local de funcionamento: Teatro Castro Alves
Coordenadora: Lucie Barluet

INTEGRANTES 2020

Coro Comunitário

Fundado em 2012, o Coro Comunitário é uma atividade de extensão do programa NEOJIBA. Ele surgiu inicialmente para a execução da Sinfonia nº 9 de Beethoven, na ocasião do aniversário de cinco anos do NEOJIBA, em 2012, sob a regência do maestro Paulo Novais. O Coro recebe pessoas de qualquer idade, e muitos dos voluntários são familiares de outros integrantes de formações do Programa. Eles recebem treinamento vocal da equipe coordenada por Yuli Martinez. O grupo já foi regido pelo maestro Pino Onnis, entre outros, e atualmente é conduzido pelo maestro Ângelo Rafael.

 
Coordenadora: Yuli Martinez

 

 

Grupos de Câmara

Grupos de Câmara são formações com número reduzido de músicos, como um quarteto de cordas, um quinteto de sopros ou metais. A criação de grupos neste formato é uma parte importante da história e construção individual e coletiva do programa NEOJIBA, pois ajuda a fortalecer o senso de iniciativa e responsabilidade pessoal. A intenção é incentivar o empreendedorismo na área musical e abrir espaço para propostas artísticas inovadoras, como a criação, por parte dos jovens músicos, de suas próprias formações musicais.